táticas de marketing para sua marca

Táticas de marketing não são fórmulas prontas. Ao final do texto, tem um exercício para você aplicar na sua marca.

SEO, Métricas, Lead, CTA, Growth Hacker, Funil de Vendas, Adwords, Landing Page, Automação, Inbound Marketing, HTML, etc. Você já deve ter escutado alguém falar esse monte de termos no universo do marketing online, certo? Tudo isso é extremamente importante para uma marca que busca reconhecimento e vida longa nas redes. Mas, a gente sabe que para micro e pequenos empreendedores é um baita desafio dar conta de tantos detalhes técnicos.

Sugestão de trilha sonora

Levando em consideração esse fator, eu vou compartilhar com você táticas de marketing que eu utilizo. Elas estão muito ligadas a tópicos como disciplina, foco, atitude empreendedora, vontade de aprender, fazer acontecer, autenticidade e gentileza no relacionamento.

Priorize o relacionamento

Foque mais nas pessoas e fique menos desesperado em vender. Eu acredito que vendas, principalmente para quem oferece serviços e soluções personalizadas, são uma consequência. Sabe quando você “manda tão bem” no relacionamento com um possível cliente que a venda flui naturalmente? Vem aquela sensação de que você nem se esforçou para fechar negócio. É só sensação, porque focar na qualidade das relações com as pessoas é uma das táticas de marketing mais poderosas, é o seu investimento mais valioso. Então vamos às quatro táticas tendo como base o relacionamento. Ok?

4 táticas de marketing para sua marca ser reconhecida e ter vida longa

 

1) ASSIDUIDADE DIGITAL

Você não gosta que as pessoas sejam assíduas e responsáveis nos seus compromissos? Então seja assíduo com os outros também. Se um cliente marcou uma reunião em um café com você na próxima quarta-feira, às 9h, você vai chegar ao local no dia seguinte, às 10h? Espero que não, rs. Porque se disser sim, eu ficarei com receios de agendar qualquer coisa com você. Nas mídias digitais deveria ser diferente? De jeito algum. Dentro das devidas proporções, obviamente.

O que quero dizer é que não adianta se mostrar disponível online apenas quando for para vender, lançar um novo serviço ou produto ou quando for conveniente apenas para você e sua marca. É preciso ter periodicidade, frequência e assiduidade no quesito Conteúdo e, claro, agir com gentileza.

Se fizer alguma promessa, por favor cumpra! Responsabilidade é algo básico, não é? Mas, tem gente errando feio no básico. Então não queira fazer parte desse grupo. Olhe para as pessoas, entenda suas necessidades, queira se relacionar com elas com responsabilidade e atenção. Publique o conteúdo que você prometeu, entregue nas redes sociais de maneira que você transmita o seu profissionalismo. Te garanto que as pessoas terão mais confiança, e esse detalhe vai levar sua marca a outros patamares.

2) CO-MARKETING DE LONGO PRAZO

Faça parcerias! Não tenha medo ao ponto de não se juntar a pessoas e outras marcas para crescerem juntos. Co-Marketing é fazer marketing de maneira compartilhada. Una forças com outros. Mas, seja inteligente e não perca tempo com parcerias fuleiras. Escrevi um artigo inteiro sobre Co-Marketing com algumas ideias. Mas, aqui neste contexto, minha orientação é que você associe a sua marca com outras para que juntas agreguem mutuamente e alcancem um número de pessoas que sozinhas talvez não seria possível.

Boas parcerias contribuem em vários aspectos: ambos ganham reconhecimento, ampliam a rede de contatos, aumentam a reputação positiva, economizam dinheiro e tempo, reforça o posicionamento do negócio e conquistam novos públicos.  Portanto, construa parcerias não apenas pontuais e de curto prazo. Se você quer uma marca reconhecida, querida e com vida longa, preste atenção em empreendedores sérios, com posicionamento claro, que têm táticas de marketing honestas, que passam confiança e agem com gentileza com os outros e que não estão perdidos na vida e nas redes.

3) PIT STOP ESTRATÉGICO

O nome dessa tática já diz muito, mas não venha com a desculpa de “dar uma parada” para rever tudo e acabar se encostando no sofá e vendo a vida passar. Assim como no automobilismo os pilotos precisam fazer um pit stop, pode ser que você e sua marca também estejam precisando de uma paradinha. Mas, lembre-se que pit stop é ágil e muito desafiador, pois a corrida não para. Enquanto algumas equipes estão trocando pneus, reabastecendo o combustível e cuidando da mecânica dos carros nos boxes, outros veículos estão a mil por hora na direção da linha de chegada.

Não se engane, tá? Você não precisa parar a vida digital da sua marca e desaparecer do mapa por meses para repensar sua estratégia de marketing. “Quem não é visto não é lembrado”. A não ser que esse sumiço faça total sentido para o seu momento. Se necessário, peça ajuda de um consultor para saber identificar o momento de fazer esse pit stop e analisar as estratégias e os resultados. O mercado muda, os hábitos online dos clientes mudam, tudo muda e cada vez mais rápido. Portanto, leve em consideração essas pequenas análises de tempos em tempos. Às vezes, reavaliar alguns pontos pode ser um divisor de águas quando o assunto é reconhecimento e longevidade de uma marca.

4) REINVENÇÃO DE DIFERENCIAIS

Por vezes, empreendedores me procuram pedindo orçamentos de serviços como produção de conteúdo e criação de estratégias nas mídias sociais. A demanda é gerar mais visibilidade para suas marcas. A história se repete: desespero com a crise, faturamento caiu, clientes romperam contrato, vendas quase parando e esperança no milagre do marketing digital.

Daí, quando faço uma rápida análise, bato o olho e identifico uma coisinha bem comum: o problema não é exatamente a visibilidade e a divulgação da marca, mas sim o portfólio de produtos ou serviços que ao longo do tempo ficou defasado e não tem sequer um diferencial competitivo autêntico em relação aos concorrentes. E naturalmente, as pessoas perderam o interesse em comprar desta empresa, pois não precisam mais do que ela oferece ou da forma como ela oferece.

Já parou para pensar que talvez você não tenha mais os produtos certos para o momento dos seus clientes? Pode estar na hora de reinventar ou até mesmo construir um verdadeiro diferencial para este negócio. Aiii, preciso compartilhar com você: essa é uma das partes que mais amo do meu trabalho! Adoro ajudar meus clientes conduzindo-os no processo de construção de diferenciais com propósito e no posicionamento da marca no ambiente digital.

Percebe então que as quatro táticas de marketing que eu destaquei estão em uma etapa anterior e mais profunda se comparadas com ações como criar sites, fazer campanha e anúncios, aplicar SEO, etc coisas que eu mencionei no início?

 

E AGORA? Faça o exercício.

Pois então, deixo um exercício para você começar a encontrar as respostas e elaborar as suas ações com base nessas táticas de marketing.

#1

Qual é a sua capacidade de produção e publicação de conteúdo semanal? Pergunte ao seu público o que ele mais gosta de ler, ouvir, ver e consumir de você, em termos de conteúdo e materiais digitais. Com base nesta pesquisa, organize a sua agenda de publicação de conteúdo de maneira que consiga cumprir e que não decepcione seu público.

Exemplo: este artigo que seu escrevi surgiu de uma pesquisa que fiz dentro de dois grupos que gerencio no Facebook. Eu perguntei aos seguidores o que eles mais queriam aprender e então apareceu o tema: reconhecimento e longevidade da marca.

#2

Quais são as marcas e os parceiros que têm sinergia com o seu negócio? Faça uma lista com nomes, contatos, perfis de redes sociais e suas observações interessantes sobre a atuação dessas pessoas e/ou marcas na internet. Você admira essas pessoas? O que você acha da reputação delas? Elas criticam ou elogiam mais nas redes? São pacificadoras ou estão sempre envolvidas em tretas? São maduras ou considera que têm comportamento infantil? Atraem um público interessante para a sua marca? Isso tudo deve ser avaliado por você. Feito isso, escolha seis nomes e marque de conversar com cada um deles ao longo de 12 meses para propor parcerias de marketing.

Exemplo: vocês podem juntos criar um evento para atrair um público específico; podem fazer uma série de artigos, vídeos, escrever um livro, lançar um ebook, uma web série, um projeto diferente, um movimento social, etc. Ideia é o que não falta.

#3

O que você acredita que precisa resolver neste momento em relação a sua marca? Faça uma lista de estratégias e ações de marketing que um dia deram muito certo e agora nem tanto. Descreva os possíveis motivos dos problemas e crie soluções para cada um deles.

Exemplo: recentemente eu me dei conta de que os esforços que eu vinha fazendo no blog não estavam dando muito certo. O tráfego estava baixo e o tempo de permanência dos visitantes também era curto. O que eu fiz? Dei uma atenção especial e busquei ajuda de uma especialista em análises de dados e monitoramento. Estamos trabalhando e melhorando as taxas do blog. Veja pelo menos quatro soluções para resolver alguns problemas: dei uma repaginada geral no visual do blog; inseri trilhas sonoras em alguns artigos; passei a dar mais atenção ao SEO de cada blogpost e por fim passei a ter mais consciência sobre os melhores horários para publicar e compartilhar nas outras mídias.

#4

Qual é o seu diferencial competitivo? O que sua marca tem que nenhuma outra tem? Como é o seu portfólio atual de serviços e produtos? Faça uma lista de observações sobre as vantagens competitivas da sua marca e descreva a forma como você tem comunicado isso no mercado e oferecido aos clientes. Em outro documento, descreva o que você pode fazer para recriar de maneira rápida e lançar novidades ao seu público. Faça testes. Depois de validar, lance oficialmente. 

Exemplo: entre em contato com clientes, fornecedores e parceiros e pergunte sobre a impressão que eles têm sobre sua marca e seu posicionamento no mercado. Converse com essas pessoas para entender o que elas pensam, o que elas esperam, o que elas realmente precisam e o que sua empresa pode fazer para se reinventar e atender essas expectativas de uma maneira autêntica.

Bom, agora é colocar a mão na massa. Faça esse exercício e depois me conte como foi. Lembre-se do poder que essas atitudes têm para o seu projeto e que só depende de você fazer acontecer. O que quero deixar claro aqui também é que não existe fórmula mágica para construir uma marca querida, mas sim uma junção de fatores e atitudes que são determinantes para ter reconhecimento e vinda longa nas mídias online de uma forma geral. É preciso ter disciplina, foco, paixão pelo que se faz e abandonar algumas crenças limitantes.

Para te ajudar ainda mais a implementar essas 4 táticas de marketing, faça a leitura do meu ebook gratuito “Aumente a credibilidade da sua marca: 25 práticas para ganhar a confiança do seu público no ambiente digital”.

Até a próxima!

Sobre o autor Veja todos os posts

Laíze Damasceno

Meu propósito é inspirar, emocionar e tocar o coração das pessoas. Ajudo empreendedores a conquistarem a confiança dos clientes sendo mais gentis no ambiente virtual. Com um método autoral e um plano descomplicado de rápida implementação, auxilio na construção de marcas autênticas, gentis, humanizadas e com propósito.