Nós do Marketing de Gentileza acreditamos que Marketing não é apenas sobre marcas, produtos, serviços ou eventos, mas especialmente sobre as relações humanas. Visitar a Ben & Jerry’s foi um presente. Uma marca que se destaca por seu modelo de negócios diferenciado, guiado por valores econômicos e sociais. Que engaja pessoas por um mundo melhor e que oferece um atendimento humanizado e verdadeiro.

Após nossa entrevista com André Lopes, diretor da marca no Brasil, fomos conferir de pertinho essa experiência. Uma visita na maior loja da rede no mundo! E teve muito amor, sorrisos, sabores deliciosos e pedaçudos, troca de experiências, além de um descontraído bate-papo com Victor Ortega, Gerente Comercial e de Treinamento e Gestão de Equipes.

Bora conosco, porque está imperdível!!

ben-jerrys-mktgentileza

Vai um sorvete pedaçudo recheado de carinho?

Rua Oscar Freire, 957, esse é o endereço e lá estávamos na maior loja Ben & Jerry’s do mundo. Sim, a maior loja da rede está localizada aqui no nosso país. Marcamos o encontro com Erika Rosental, da In Press (Assessoria de Imprensa da Ben & Jerry’s), que nos acompanhou na visita, nos permitindo conhecer mais sobre a marca, operação da loja e os sabores deliciosos do sorvete.

Ao chegar, já podíamos sentir os 318 m2 da loja, perfumados pelo delicioso aroma do “Waffle Cone”, o cascão com toque de baunilha, canela e um segredo especial, preparado na hora pelos Scoopers (colaboradores Ben & Jerry’s nas lojas).

ben-jerrys-mktgentileza

Teríamos uma árdua missão pela frente. Quais sabores iriam compor nossas combinações? Os nomes são tão bem elaborados quanto os sorvetes, e opções não faltam: “Chunky Monkey”, “New York Super Fudge Chunk”, “Coconut Seven Layer Bar”, “Chocolate Therapy”, “Triple Caramel Chunk”, “Sweet Cream & Cookies”, “Cherry Garcia” e mais. Ao todo, 18 sabores pedaçudos para nos deixar naquela indecisão.

Com ajuda dos Scoopers e após provar muitas opções, fizemos nossas combinações e estávamos prontas para conhecer toda equipe e visitar cada área da loja, incluindo a biblioteca comunitária.

“Desde a nossa criação em 1978, prezamos pelo respeito e pela tolerância entre as pessoas dentro e fora da nossa empresa. Acreditamos sim que essa é a melhor maneira de cultivar o amor.” André Lopes (Diretor Ben & Jerry’s – Brasil)

ben-jerrys-mktgentileza

Laíze Damasceno (esquerda), autora do Marketing de Gentileza, e Priscila Costa, colaboradora do blog, na Loja Ben & Jerry’s da Oscar Freire

Cada espaço ali foi pensado com muito carinho para que o público se sinta à vontade e desfrute seu sabor favorito, seja sozinho, em casal, em família ou em galera. Cada cantinho inspira a alegria e diversão de Ben & Jerry’s. Não resistimos e fomos registrar o momento na famosa kombi da marca.

ben-jerrys-mktgentileza

Enquanto conhecíamos os ambientes e entendíamos mais sobre as atividades da loja, rolou um bate-papo super descontraído entre Laíze e Victor Ortega, Gerente Comercial e de Treinamento e Gestão de Equipes.

ben-jerrys-mktgentileza

Victor Ortega 

Laíze Damasceno |Blog Marketing de Gentileza:  Victor, para você o que é “Ben & Jerry’s”?

Victor Ortega | Ben & Jerry’s: Além de paz, amor e sorvete,  é muito além de só sorvete. É muito apaixonante trabalhar com a marca. Desde o meu primeiro contato com Ben & Jerry’s, eu soube que era aqui que eu precisava trabalhar. Estar aqui diariamente é estilo de vida. Para toda a equipe, não é só teoria o que está nas paredes, é tudo muito vivo, assim como estão vendo. Eu como gerente, tenho o papel de trazer isso para as lojas, trabalhar isso. Todos nós desempenhamos uma linda missão diariamente, com pequenos passos e atitudes que estão presentes no nosso trabalho, na forma como lidamos com nossos clientes, como transmitimos a cada visitante e cliente o que é Ben & Jerry’s. E isso é muito cativante, estar em uma empresa que pratica tudo o que diz , que é aquilo o que faz.

Laíze Damasceno:  Para você, qual é o diferencial dessa loja em termos de atendimento?

Victor Ortega: Além dessa ser a maior loja do mundo, risos… Aqui buscamos ser excelência e referência. Nossa equipe precisa ser brilhante para conseguir multiplicar isso para as demais lojas. E a experiência é incrível, a gente realmente tem muito espaço para trabalhar, temos conteúdo, temos muito material. Nosso papel é fazer com que o cliente tenha uma experiência completa. Que o cliente não venha aqui e apenas compre sorvete, mas que ao nos visitar, ele saia diferente de como ele entrou. Especificamente na Loja Oscar Freire, temos que ter isso no ápice para que a gente possa semear essa “semente”.

A grande função da loja Oscar Freire é “plantar sementinhas”, e ver os frutos, como nossas lojas em Campinas, Rio de Janeiro e por aí vai. Nós gerentes, somos muito conectados, somos uma verdadeira equipe. Temos que demonstrar esse diferencial, a pessoa que visita nossas lojas, gosta da experiência, conta para os amigos e assim vamos espalhando “Paz, Amor e Sorvete!”. Infelizmente, há empresas que são reconhecidas por seu péssimo atendimento, por não respeitar o cliente. Há uma infinidade de casos . Somos muito gratos e felizes por ser reconhecidos pelo bem. É gratificante quando postamos nas redes sociais e temos um retorno positivo… sempre. Há empresas e marcas que postam e como retorno recebem reclamações . Ben & Jerry’s não, porque aqui tudo é feito com muito amor.

Laíze Damasceno:  Um dos papéis do Marketing de Gentileza é trazer aos nossos leitores cases positivos, coisas boas que acontecem entre as marcas e seus clientes. Vocês tem um case inspirador de algum cliente que tenha sido muito gentil com vocês, por conta desse atendimento especial?

Victor Ortega: Nossa! Sim, temos várias, muitas histórias. Por exemplo uma que aconteceu nessa loja, com uma cliente muito especial. A dona Ivete, uma querida senhorinha. Ela tem uma cuidadora, e deve morar aqui pela região. Ela sempre faz seus passeios matinais e vem tomar um sol. Talvez pela idade, mais de noventa anos, ela tem um problema de diabetes, e mesmo sem poder tomar sorvete, ela sempre vem aqui e toma um café, um chá, uma água e interage com o pessoal. Para nós, sempre fica a curiosidade… “qual é o passado da dona Ivete?”, “quem é a dona Ivete?”.

Um dia, estávamos aqui atendendo, era um sábado, a dona Ivete veio com uma pessoa diferente. Essa pessoa diferente parou uma de nossas funcionárias e disse “Vocês tem esse carinho imenso com a minha mãe. Eu sou  filha dela e ela fez questão de me trazer aqui para conhece- los. Ela fala tão bem de vocês. Fico feliz e emocionada em saber que por motivos de trabalho  eu não posso acompanhar minha mãe de perto todo o tempo,  mas sei que que ela recebe carinho  gratuito de pessoas que não a conhecem intimamente.”  É uma história muito bacana, porque ainda que ela não possa tomar o nosso sorvete, a gente consegue semear um pouquinho do  amor e carinho de Ben & Jerry’s, impactando de forma positiva. Esse dia, foi um dia em que ficamos todos emocionados.

Laíze Damasceno:  Como gestor e treinador de equipes, como você faz para manter as pessoas do seu time motivadas?

Victor Ortega: Temos muito contato e material com Vermont, que é a nossa origem. Eu tenho um “mestre dos magos” que é o gerente de treinamento oficial, eu diria assim. Ele é o gerente de treinamento de todas as lojas Ben & Jerry’s no mundo. Sempre que possível, tentamos trazê-lo para que ele replique e reforce nossos valores junto aos nossos colaboradores.  Estamos sempre ligados nas mídias, estudando o que vai acontecer no mercado para trazer para os colaboradores o que eles buscam e assim mantê – los motivados. E que  assim eles possam sempre sorrir, ser felizes e ter brilho no olhar. Transparecer o que são, com verdade, isso toca os nossos clientes. A empresa é muito rica nesse sentido.

Laíze Damasceno:  Para o empreendedor que está começando seu próprio negócio, qual  o conselho você dá em relação ao atendimento e relacionamento com o cliente?

Victor Ortega: Invista no bem estar do seu funcionário. Vir trabalhar tem que ser uma escolha e não uma obrigação. Sempre falamos que nós passamos mais tempo juntos entre a equipe, do que com família, amigos, namorados, etc. Então se está sendo feito por obrigação e você não está se divertindo, se não está sendo bom, você está perdendo muito tempo, não é mesmo? O maior conselho é esse: investir em uma equipe que opte, que acorde e venha trabalhar feliz com suas atividades e com o ambiente de trabalho.

……………………………………………………………………………………………………..

Nesse clima, Victor nos levou ao segundo andar da loja e nos apresentou a biblioteca comunitária, mais uma bela atitude dessa marca que pensa no próximo o tempo todo. Ali naquele cantinho bem elaborado, você pode sentar e ler um bom livro, pode retirar um livro e levá-lo consigo, ou deixar um livro de presente para o próximo cliente. Assim as pessoas que passam por ali podem levar algo que já foi especial para alguém e deixar algo que possa tocar outra pessoa.

Toda literatura é bem aceita! Victor e sua equipe estão sempre organizando os títulos disponíveis, com cuidado especial para que não haja nenhum material impróprio para as crianças que adoram visitar a loja, seja pelo sorvete, seja pela alegria que o local inspira, seja pela diversão.

ben-jerrys-mktgentileza

O Marketing de Gentileza quis presentear a loja e seus clientes e deixamos por ali um livro autografado pela própria autora, Laíze Damasceno.

Esperamos que nossa mensagem toque o coração de cada um que ler as  páginas do livro, assim como as ações de Ben & Jerry’s e toda receptividade de Victor e sua equipe tocaram o nosso.

Agradecemos especialmente a assessora de imprensa Erika Rosental e a In Press, e ao time Ben & Jerry’s da Oscar Freire!

Essa foi uma visita inesquecível!! Que juntos possamos continuar espalhando a gentileza por aí.

ben-jerrys-mktgentileza

E você, curtiu a nossa visita na maior loja Ben & Jerry’s do mundo? Tem sugestões de outros lugares que inspiram gentileza para nossas próximas visitas? Colabore conosco e deixe aqui seus comentários.

Ficaremos muito gratos em divulgar coisas bacanas que estão acontecendo por aí. Bora espalhar a gentileza conosco! Contamos com você!!!

Sobre o autor Veja todos os posts

Priscila Costa

Paulista, 31 anos, Secretária Executiva, Tradutora & Intérprete e formada em Gestão de Pessoas. "Acredito em um mundo feito de pessoas, por pessoas e para as pessoas. Não há vida sem relacionamentos, seja qual for o seu nível. Para todos os relacionamentos e níveis, tenho uma premissa, a Gentileza. Essa pode transformar o mundo!"