Respeito ao próximo e comunicação do bem realmente nunca saem de moda.

Em 2014 eu buscava um profissional para falar sobre a Comunicação Visual e o Conteúdo impactam diretamente a vida das pessoas. Na época, entrevistei o Bruno Bertani, Diretor de Design Criativo, fundador da Indústria Nacional Design. Ele já ganhou prêmios como Cannes Lions, IF Design, NY Festival e POPAI Awards e foi jurado do festival de Cannes Lions em 2014.

"O respeito ao próximo é a base de uma comunicação do bem". (Bruno Bertani)

“O respeito ao próximo é a base de uma comunicação do bem”. (Bruno Bertani)

Confira esse breve e objetivo bate-papo gentilmente cedido pelo Bruno e perceba o quão atual e relevante é este tema.

Laíze Damasceno: O que você considera ser uma comunicação visual abusiva, agressiva e imediatista? 

Bruno Bertani: Podemos entender como agressividade em relação ao conteúdo, abusiva em relação a ser invasiva, a não pedir licença, e imediatista algo como essa tormenta de e-mails, mensagens SMS, e recados eletrônicos que recebemos no celular toda hora. 

Eu acho que tamanho, nesse caso, é documento. Sou totalmente apoiador da cidade limpa. A comunicação tem que pedir licença para as pessoas. Abusivo também pode ser o conteúdo, mas nesse caso esse conceito varia de pessoa para pessoa. Sempre podemos fazer um corte do senso comum em relação aos temas como sexo, religião, raças, crenças etc. O respeito ao próximo é a base de uma comunicação do bem.

LD: Como fazer uma comunicação visual não ser agressiva e ofensiva? 

BB: Primeiro, acho que ela tem que ter o seu lugar. Tem que ser clara na proposta, tem que “conversar” com a arquitetura e principalmente tem que ser apropriada esteticamente para o público.

LD:  Quais são as características de uma comunicação adequada?

BB: Menos sempre é mais. Imagine que uma comunicação visual não é como um jornal que muda de um dia para o outro. As pessoas vão conviver durante bastante tempo com o projeto, com a mensagem. Então, ela deve ser clean, elegante, simples e linda.

LD: Comunicação “agressiva”, porém convincente, pode ser positiva? 

BB: Aqui entramos em um efeito CHAMAR atenção. Eu acredito que alguns temas mais fortes podem ser comunicados de forma mais forte, o que pode ser agressivo para algumas pessoas. Mas, acho que isso funciona mais para projetos de comunicação do que para algo perene.

LD: O que é indispensável para gerar resultados positivos?

BB: Conhecer o que se quer comunicar, entender os objetivos do trabalho e o público que quer gerar resultados. A audiência sempre manda! Mesmo nas inovações. Inovador é quem consegue entender o que as pessoas não sabem, mas vão querer amanhã.

LD: Comunicação visual eficiente é…

BB: a que promove a sua função com efetividade: se é uma marca, que seja reconhecida. Se é uma propaganda, que venda. Se é uma arte, que encante. Se é uma sinalização, que seja direcional. Se é um pensamento, que te faça pensar.

_____

Quer sugerir uma pauta ou indicar alguém para dar uma entrevista exclusiva ao blog Marketing de Gentileza? Envie um e-mail para mim: laize@marketingdegentileza.com.br

Sobre o autor Veja todos os posts

Laíze Damasceno

Meu propósito é inspirar, emocionar e tocar o coração das pessoas. Ajudo empreendedores a conquistarem a confiança dos clientes sendo mais gentis no ambiente virtual. Com um método autoral e um plano descomplicado de rápida implementação, auxilio na construção de marcas autênticas, gentis, humanizadas e com propósito.